Design sem nome (6).png

Se você chegou até este site provavelmente alguma destas situações já te aconteceu:

- Evitou de apertar a mão de alguém ou até mesmo abraçar pois as mãos estavam molhadas demais, o que lhe causou vergonha e ansiedade.

- Nunca usa camisetas ou blusas coloridas por medo da marca de suor abaixo das axilas (as famosas pizzas) ou sempre usa uma camiseta de “segurança” por baixo da roupa que vai vestir.

- Teve dificuldade de preencher papéis ou até mesmo responder questões de uma prova escrita porque a mão molhada borrava tudo que você escrevia.

- Sente que as mãos ou axilas estão sempre molhadas mesmo em dias frios ou quando não está fazendo nenhuma atividade, o que lhe deixa constrangido e com a sensação de que todo mundo está percebendo.

se você se identificou com qualquer uma destas situações, preciso lhe dizer que é muito provável que você tenha

hiperidrose

O que é hiperidrose?

6.png

Esta alteração se caracteriza por suor excessivo, especialmente nas extremidades do corpo: mãos, pés, axilas. Claro que é normal suar quando estamos com calor ou quando fazemos exercícios, mas o suor relacionado à hiperidrose está presente em todos os momentos.

Por que isso acontece?

Acontece porque tuas glândulas do suor estão HIPERFUNCIONANTES. A predisposição genética pode ser importante nesta condição – estudos mostram que até metade das pessoas que sofrem com suor excessivo possuem familiar de primeiro grau com o mesmo problema.

Na presença deste suor fora do normal, que normalmente inicia ainda durante a infância ou adolescência, é importante que se faça consulta com um médico especialista no assunto, para fazer o diagnóstico correto e se instituir o melhor tratamento para o caso.

7.png

A solução começa na consulta com o médico especialista capacitado no tratamento do suor excessivo. Por isso, vou me apresentar:

 

Sou o Dr. Guilherme Augusto Oliveira, cirurgião torácico formado pela UFRGS e Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RQE 26462). Boa parte da minha longa formação dediquei ao estudo da hiperidrose – participei de pesquisas científicas sobre o tema, além do foco do meu trabalho de mestrado estar no estudo do suor excessivo.

 

Durante a consulta para falarmos sobre o seu suor, tenho as ferramentas necessárias para definir qual o tipo da sua hiperidrose e com isso indicar o melhor tratamento.

TRATAMENTO CIRÚRGICO TEM ÓTIMOS RESULTADOS

 

Uma das maneiras de tratar o suor excessivo e na qual sou especializado é a CIRURGIA DO SUOR. Essa cirurgia é indicada para os pacientes que tem o chamado suor localizado, ou seja, em locais específicos como mãos e axilas. A cirurgia é feita por vídeo com pequenos cortes, podendo ser AMBULATORIAL ou com apenas UM DIA de internação, é provável que você já acorde da anestesia SEM SUAR.

Hiperidrose.png